Suspeito de explosão de carro-forte é preso em Nagé

Adailton Oliveira de Brito, conhecido como “Binho Negão” e “Binho do Beco”, foi detido em operação policial. Buscas continuam por outros envolvidos.

Na manhã desta terça-feira (12), Adailton Oliveira de Brito, suspeito de envolvimento na explosão de um carro-forte na BR-101, próximo à Barragem de Pedra do Cavalo, no Recôncavo da Bahia, foi preso em Nagé, distrito de Maragogipe. O homem, também conhecido como “Binho Negão” e “Binho do Beco”, possui uma extensa ficha criminal e já havia sido detido em 2017, quando sua quadrilha se preparava para explodir um banco na mesma região.

Imagem: Divulgação SSP

Durante a prisão, realizada por equipes do comando de policiamento da Polícia Militar na região do Recôncavo, foram encontrados com Adailton uma pistola calibre 9MM com carregador em formato “caracol”, cordel detonante, carregadores e R$ 1.800,00 em espécie. As investigações e buscas continuam para capturar os demais integrantes do grupo criminoso envolvidos no ataque.

Imagens de câmeras instaladas na rodovia federal foram fundamentais para a identificação dos criminosos. As autoridades policiais contaram com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante a ação, uma vez que o crime ocorreu na BR-101.

O suspeito foi conduzido para a delegacia da cidade de Santo Antônio de Jesus, também no Recôncavo, onde ficará à disposição da justiça.

Relembre o caso: Na noite de 4 de dezembro, um carro-forte foi destruído em uma tentativa de assalto na BR-101, próximo à Barragem de Pedra do Cavalo. Unidades territoriais e especializadas das Polícias Civil e Militar estão empenhadas na busca pelo grupo criminoso, que conseguiu fugir após o ataque. A quantia levada pelos assaltantes não foi detalhada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

O que você achou dessa notícia?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima