Após declarar apoio a Bolsonaro, três shows de Gusttavo Lima foram cancelados na Bahia

Além dos shows cancelados, o artista perdeu também mais de 150 mil seguidores nas redes sociais

Recentemente Gusttavo Lima, esteve presente em um almoço, junto com outros sertanejos no palácio da alvorada em Brasília, onde declarou total apoio a candidatura para a reeleição do atual presidente da república Jair Messias Bolsonaro, que concorre as eleições presidenciais pelo segundo turno com Luís Inácio Lula da Silva.

Após sair derrotado nas urnas, no primeiro turno das eleições com 8 milhões de votos a menos que o ex-presidente Lula, Bolsonaro convocou vários famosos para tentar alavancar a campanha e tirar essa diferença nas urnas, entre essas novas alianças, o candidato recorreu a grandes nomes da música sertaneja como: Gusttavo Lima, Leonardo, Chitãozinho, Fernando Zor e Marrone, que são o principais nomes de maior influência da música sertaneja no Brasil, além disso ainda esteve presente no encontro os dois maiores compositores do gênero que tem músicas gravadas e consagradas por todos esses artistas, Everton Matos e Diego Ferrari.

Após a fala de Gusttavo repercutir por todo Brasil, três shows do artista, foram cancelados no estado da Bahia, um dos principais colégios eleitorais do ex-presidente Lula.

Em um dos shows realizado pelo embaixador, o público presente levantou um coro com gritos e palavrões contra o presidente da república, e o marido de Andressa Suitta se cala, visivelmente incomodado com a situação, numa tremenda saia justa.

Esclarecendo:

Após a publicação da nota, a assessoria do artista Gusttavo Lima procurou a coluna e esclareceu que o sertanejo não teve nenhum show cancelado em nenhum estado brasileiro, por motivações políticas ou qualquer outro motivo.

Por Correio Braziliense

divulgamaragogipe

Learn More →

O que você achou dessa notícia?

%d blogueiros gostam disto: