Operação da PF investiga ex-diretores do BB por roubo de R$100 milhões

Suposto esquema de fraudes no Banco do Brasil aprovou créditos disfarçados como consórcio de veículos

PF mira funcionários do Banco do Brasil que fraudavam sistema de consórcio. Foto: EBC

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (6), ação para investigar suposto esquema de fraude no sistema de consórcios do Banco do Brasil. São cumpridos mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e nos estados de São Paulo e Paraná.

A operação mira ex-dirigentes e funcionários do banco que podem ser os repsonsáveis pelo desvio de mais de R$ 100 milhões dos programas de consórcio.

De acordo com as investigações, o grupo teria aprovado duas operações de crédito fantasiadas como consórcio de veículos. A suposta fraude foi denunciada à Polícia Federal pelo próprio Banco do Brasil, que identificou a movimentação suspeita dos valores.

Os envolvidos são investigados pelo crime de gestão fraudulenta, segundo informou a PF, cuja pena pode variar de três a 12 anos de prisão e pagamento de multa.

Leia mais: Diário do Poder

divulgamaragogipe

Learn More →

O que você achou dessa notícia?

%d blogueiros gostam disto: