Homem e grávida são resgatados após serem feitos reféns em matagal em Camaçari; quarteto suspeito morreu após confronto com PMs

Suspeitos mantinham vítimas reféns no local desde segunda-feira (27). Elas não foram feridas.

Foto: Divulgação/SSP-BA

Um homem e uma grávida foram libertados nesta terça-feira (28), após terem sido feitos reféns, em um matagal, que fica em Barra do Jacuípe, na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. De acordo com a Polícia Militar, quatro suspeitos morreram em um confronto durante a tentativa de resgate.

O suspeitos mantinham as vítimas reféns no local desde a segunda-feira (27). Elas não ficaram feridas. A Polícia Militar informou que foi acionada na manhã desta terça (28) e montou uma operação para resgatar os reféns, na localidade conhecida como “Recanto dos Pássaros”.

De acordo com a PM, equipes da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp RMS, do Grupamento Aéreo (Graer), do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) chegaram ao local e fizeram o cerco, mas foram recebidas a tiros por cerca de 20 homens.

Durante o confronto, três suspeitos foram baleados, socorridos e levados pelos policiais para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), mas não resistiram. Os comparsas conseguiram fugir.

Na área de mata, os PMs encontraram depois um quarto envolvido baleado. Ele também foi socorrido, mas assim como os outros, não resistiu.

“A informação que chegou foi de que um morador da região, envolvido com uma organização criminosa comprou duas armas com um grupo rival. E, como forma de revidar, integrantes dessa facção fizeram a mulher dele e um outro homem como refém, em uma área de mata”, disse o comandante da 59ª CIPM, major André Luis Teodósio Presa.

A Polícia Militar informou que na ação, foram apreendidas quatro armas de fogo, dinheiro, drogas e diversos aparelhos eletrônicos em um local que seria o acampamento do grupo criminoso.

Ainda de acordo com a PM, militares continuam na região, inclusive com o apoio de um helicóptero, para encontrar e prender os demais suspeitos de atuarem do crime. (G1)

divulgamaragogipe

Learn More →

O que você achou dessa notícia?

%d blogueiros gostam disto: