Amélia Rodrigues registra chuva de granizo

Outras cidades da Bahia também tiveram chuva de granizo, mas ninguém ficou ferido.

Os moradores do distrito de São Bento do Inhatá, em Amélia Rodrigues, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, registraram uma chuva de granizo na noite de quinta-feira (19). Ninguém ficou ferido e não há registros de estragos.

Os moradores da região relataram que a chuva durou cerca de 10 minutos. Segundo o Inmet, a chuva de granizo foi ocasionada pelo ar polar que se espalhou pelo Centro-Sul do Brasil e chegou até a Bahia. Este tipo de fenômeno não é comum na região.

Chuva de granizo é registrada em Amélia Rodrigues — Foto: TV Subaé
Chuva de granizo é registrada em Amélia Rodrigues — Foto: TV Subaé

Outras ocorrências
Em outras cidades da Bahia, o fenômeno também foi registrado durante a semana. Na quarta-feira (18), os moradores de Prado, no extremo sul compartilharam imagens da chuva de granizo nas redes sociais.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, a chuva durou cerca de 30 minutos e nenhum prejuízo foi registrado.

Moradores registram imagens de chuva de granizo em Mucuri, no extremo sul da Bahia — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Moradores registram imagens de chuva de granizo em Mucuri, no extremo sul da Bahia — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Outra chuva de granizo foi registrada em Mucuri, também no sul do estado, só que na terça-feira (17). Os moradores da região se surpreenderam com o evento, já que a cidade dificilmente tem temperaturas abaixo de 19ºC.

Por causa do temporal que atingiu a cidade, queda de árvores e falta de energia em algumas regiões de Mucuri foram registradas. Raios e trovões também foram registrados por moradores.

Além deste tipo de chuva, a Bahia foi atingida por mais de 12 mil raios somente na quarta-feira. Os dados são do Climatempo e constam na base de informações da Neoenergia Coelba.

Segundo a empresa, responsável pela distribuição de energia no estado, devido às ocorrências foi necessário triplicar a quantidade do efetivo em operação nas regiões mais afetadas, como o Extremo Sul, Feira de Santana, Taperoá, Valença e cidades adjacentes. Essas cidades foram atingidas por um temporal que elevou a incidência de descargas atmosféricas.

Por G1 Bahia

divulgamaragogipe

Learn More →

O que você achou dessa notícia?

%d blogueiros gostam disto: